A Motorservice lança sensores de temperatura dos gases de escape

A MS Motorservice International GmbH alargou seu sortimento de produtos na área dos sensores. O especialista em peças de reposição oferece agora sensores de temperatura dos gases de escape de alta qualidade para o mercado de reposição. Os 30 produtos novos abrangem cerca de 1400 tipos de veículos.

Os novos sensores de temperatura dos gases de escape da Motorservice providenciam uma funcionalidade confiável. Eles apresentam uma resistência a temperaturas impressionante na faixa de - 40° a+ 1000 °C, uma precisão excecional e um tempo de resposta breve graças aos seus resistores em platina de camada fina. Além disso, os sensores demonstram uma excelente qualidade dos produtos com uma carcaça em aço inoxidável de elevada qualidade, uma estabilidade durável e uma resistência ímpar a esforços mecânicos, térmicos e químicos. Os aparelhos versáteis também têm um enorme espectro de aplicação: os novos sensores com os códigos de artigo 7.08369.00.0 a 7.08369.29.0 abrangem cerca de 1400 tipos de veículos para motores diesel para automóveis de passageiros da Audi, Mercedes-Benz, Opel/Vauxhall, Saab, Seat, Škoda e Volkswagen.

Como organização de vendas para as atividades do mercado de reposição da Rheinmetall Automotive, a Motorservice adquire grande parte do seu sortimento internamente no grupo, incluindo as subsidiárias Kolbenschmidt e Pierburg. O especialista em peças de reposição, que opera internacionalmente, também tem o know-how de um grande fornecedor internacional de automóveis. Consequentemente, os clientes beneficiam de produtos com qualidade OE.

Informação técnica
Os sensores de temperatura dos gases de escape são indispensáveis nos veículos modernos. Eles monitoram o fluxo quente dos gases de escape e protegem os componentes sensíveis à temperatura, como sejam turbocompressores e todos os tipos de catalisadores, contra o sobreaquecimento. Além disso, monitorizam o processo de queima livre do filtro de partículas diesel e a temperatura dos gases de escape no âmbito do on-Board-Diagnosis (OBD). Em caso de sobreaquecimento crítico, a unidade de comando responde com as medidas adequadas para reduzir a temperatura, limitando p. ex. o desempenho.